16.5.11

Uma história de superação

Pés descalços, trabalho na roça, dificuldades financeiras. Isso foi apenas um pouco da infância humilde, daquele que não pode comprar seu primeiro tênis e ganhou de uma antiga professora, o famoso “chinesinho”, um calçado antigo. Durante a manhã estudar, a tarde trabalhar na roça e depois praticar esportes, essa foi a infância e adolescência de Rodrigo Lima, corredor de Guarapuava, que começou sua carreira com a força de vontade no interior de Guarapuava, na localidade de Paiquerê. Um local distante de tudo, mas que não fez com que os sonhos se perdessem. “Antes a gente esperava o ano todo pra correr a São Silvestre de Guarapuava, ou alguma prova que acontecia uma vez por ano na cidade” relembra Lima em meio aos treinos na pista municipal.
Como todos os dias de treino, na manhã da ultima quinta-feira (12), Rodrigo corria na pista ao lado do Ginásio Joaquim prestes, camisa suada, sol da manhã e uma determinação: se preparar para vencer uma maratona. Esse é o sonho de quem diariamente percorre de 10 a 20km e disputa neste fim de semana em Maringá, a Corrida Rústica, como forma de preparação para um anseio maior: A Maratona Internacional de Porto Alegre, a qual quer superar seu tempo ou ainda vencer e chegar ao ponto que tanto luta para conquistar.
Rodrigo tem um currículo admirável pra qualquer esportista, que superando as dificuldades, conseguiu disputar provas de nome nacional, ganhar destaque, como o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro em Brasília; o bi-campeonato da Meia Maratona de Florianópolis nos anos de 2002 e 2003, na categoria de 20 a 24 anos. Em 2003 também ficou com o terceiro lugar na 7ª Maratona Ecológica de Curitiba pela mesma categoria e em 2004 sagrou-se campeão da 8ª edição da Maratona Ecológica de Curitiba, na categoria de 20 a 24 anos.
Caminhando para sua sexta maratona ele se mostra confiante e com um sorriso lembra os últimos resultados. “Já estive muito perto de grandes nomes do atletismo, espero um dia vencer uma maratona, mas isso depende de mim, de Deus” conta Lima.


Um comentário:

  1. Parabéns pela matéria além de limpa, apresenta uma realidade que deve ser apresentada como exemplo de superação pra todos os Guarapuavanos.
    Continuem mostrando os talentos e os valores de nosssa querida cidade.
    Abraços à todos!
    Prof. Pablo de Almeida

    ResponderExcluir

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |