Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

Gente da Nossa Terra: Mauro Biazi

Nincia Cecilia Ribas Borges Teixeira 
Por entre passos e cliques, Mauro flana pela ruas de Guarapuava, com sensibilidade que contagia, mostra-nos o lado humano de nossa cidade, como disse Machado de Assis “ Cata o mínimo escondido”.
A imagem que advém do olhar de Mauro vai muito além de apenas uma fotografia, podendo significar retratos da alma. Combatente por natureza, também, utiliza a palavra como arma e escudo, é poeta da rua. Político, na acepção da palavra, busca a igualdade social, mesmo sabendo que ela é utópica. É poeta que utiliza letras e cores para tornar menos opaca a realidade que nos cerca.
A relação de sua poesia- fotografia demonstra que o poema nasce da observação de uma paisagem comum, a de Guarapuava, que ora é amada, ora é questionada. Por entre seus passos, letras e lentes, caminha Mauro-Poeta transformando o real em o sensível-visível.
Que o pensamento do poeta das letras e das cores permaneça iluminando Guarapuava de Hoje e de Amanhã, pois nas imagens poéticas nã…

De Amélia a Dilma: mulheres em transformação

Enquanto o homem e a mulher não se reconhecerem como semelhantes, enquanto não se respeitarem como pessoas em que, do ponto de vista social, política e econômico, não há a menor diferença, os seres humanos estarão condenados a não verem o que têm de melhor: a sua liberdade.” Simone de Beauvoir


Durante muitos anos, o homem dominou o espaço público e inviabilizou o crescimento intelectual e a divisão deste espaço com as mulheres. Diante de uma sociedade que ignorava o feminino, elas lutaram e, principalmente após a eclosão do feminismo nos anos 1960, diversas conquistas foram tomando corpo. O contraste com a era em que o gênero masculino dominava praticamente todas as relações sociais pode agora ser visto. Há algumas décadas, a mulher era relacionada a um ser cujas funções eram constituir família e se dedicar ao lar. Muitas que transgrediram esses costumes foram perseguidas e discriminadas. Muitas foram desvalorizadas no decorrer do tempo, exercendo atividades remuneradas inferiores às…