Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2018

Projeto de texto dissertativo argumentativo (intervenção)

Dicas de Redação Unicentro "Projeto de Texto"

Dicas redação Unicentro (2)

A importância da Literatura.

Dicas de redação vestibular Unicentro

Revisão das obras literárias UNICENTRO vestibular/2019

Obras vestibular da UNICENTRO Relato de um certo oriente

Obras vestibular Unicentro: Toda Poesia (Paulo Leminski) e Viagem no espelho (Helena Kolody)

Obras vestibular UNICENTRO: Contos de Montanha

Inclusão de Conceição Evaristo à Academia Brasileira de Letras é afirmação da intelectualidade negra

A Academia Brasileira de Letras é uma instituição literária fundada no Rio de Janeiro em 1897 por nomes como Machado de Assis, Olavo Bilac, Afonso Celso e Joaquim Nabuco.  Desde então, é composta por 40 membros efetivos e outros tantos perpétuos, os chamados imortais, mais vinte sócios estrangeiros.
Uma das mais respeitadas e longevas concentrações de intelectuais, a ABL ganhou vida apenas nove anos depois da abolição da escravidão no Brasil em maio 1888. Apesar de ter sido fundada e presidida pelo escritor negro Machado de Assis, a Academia Brasileira de Letras sempre foi um espaço de exclusão da intelectualidade negra, refletindo assim práticas ainda comuns de um país racista. Lima Barreto ouviu de Monteiro Lobato que não poderia fazer parte do clube porque era preto. Os tempos avançaram e ao longo do século a intelectualidade negra, especialmente na literatura, se viu obrigada a traçar caminhos paralelos, muitas vezes mais árduos. Realidade retratada com fidelidade em Quarto de Desp…

O Pagador de Promessas (vestibular UNICENTRO 2019)

Luzia-Homem (Vestibular UNICENTRO-2019)

Quarto de Despejo:diário de uma favelada Vestibular UNICENTRO-2019)

Ponciá Vicêncio (OBRAS UNICENTRO VESTIBULAR 2019)

Sociedade dos Poetas Mortos - Qual será o seu verso? Legendado PT-BR

Gênero Épico

Definição
Gênero épico ou narrativo é um gênero literário. Do grego “épikos” que faz referência a narrativa em versos com acontecimentos sempre estupendos. É considerado um dos gêneros litérarios mais antigos.
Origem
Surgiu na antiguidade, por volta do séc. VII a.c. com o representante Homero, fundador da poesia épica, com sua obra “Odisséia”. Outro representante foi Virgílio, poeta romano que produziu “Eneida”. Mais tarde na idade média, Camões destacou-se nesse âmbito com “Os Lusíadas”.
Características
Poema longo (versos); Texto narrativo; Verbos na 3º pessoa do passado; Ações heróicas; Efeitos de admiração, surpresa e orgulho; Contém ação, narrador, tempo e espaço.
Exemplos:
Epopeia: extenso poema épico, dividido em proposição, invocação, dedicatória, narração e epílogo
Novela: narrativa extensa,dividida em episódios
Crônica: narrativa que aborda fatos cotidianos
Romance: narrativa extensa que apresenta personagens, tempo e espaço definidos, onde as ações ocorrem juntas na trama

Obras Vestibular UNICENTRO (Várias Histórias - Causa Secreta

Obras Vestibular UNICENTRO ( Várias Histórias- O Apólogo)

Obras Vestibular UNICENTRO 2019 (Laços de Família- Feliz Aniversário)

Obras UNICENTRO 2019 (Várias Histórias - Uns Braços)

Obras da UNICENTRO 2019 (Várias Histórias - A cartomante)

Obras vestibular UNICENTRO 2019 (Laços de Família- Uma Galinha)

Obras vestibular unicentro 2019

O uso dos porquês

O emprego dos porquês é algo que gera muitas dúvidas entre os falantes, por isso é importante ressaltar o modo como usa-los. Quando usar "por que"?  Existem dois casos de uso, o primeiro caso com sentido interrogativo, sendo usado para fazer uma pergunta direta ou indireta.
Por que devo estudar?Por que ela não veio?  Pode ser substituído por "por qual razão" ou "por qual motivo". Por qual motivo devo estudar?Por qual razão ela não veio?
No segundo caso é usado como elo de ligação entre duas oração.
Não encontrei o caminho por que passei.Este é um dos motivos por que sou como sou.  Pode ser substituído por "pelo qual", "pela qual", "pelas quais", "pelos quais", "por qual" ou "por quais". Não encontrei o caminho pelo qual passei.Este é um dos motivos pelo qual sou como sou. Quando usar "por quê"?  É usado com sentido de interrogação, aparece sempre em finais de frase junto com um sinal de p…

Alexander Pope

Como estamos na metade de maio, é importante que façamos uma homenagem a um grande poeta inglês aniversariante desse mês, Alexander Pope. Nasceu em em 21/05/1688, em Londres efoi um dos maiores poetas britânicos do século XVIII. Teve uma vida atribulada devido ao fato de ser filho de um comerciante católico, o que impediu-o de frequentar escolas e universidade, além de carregar uma deformidade física. Suaprincipal contribuição foram os ensaios e versos, nos quais expõe suas idéias estéticas e filosóficas. São poemas filosóficos ou didáticos, como Essay on Criticism (Ensaio sobre a crítica), obra de doutrina neoclássica, escrita aos 23 anos, na qual defende seus pontos de vista sobre a verdadeira poesia, e Essay on Man (Ensaio sobre o Homem) (1733—34), na qual discute se é ou não possível reconciliar os males deste mundo com a crença no Criador justo e misericordioso. Compôs também uma sátira, Dunciad, em que o poeta declara vago o trono da torpeza, do aborrecimento e da estupidez e pr…
As novas telonas de Guarapuava
Hoje, Guarapuava conta com muitas novidades culturais. Nesta quinta-feira, dia 26 de abril, inaugura em Guarapuava o shopping Cidade dos Lagos. Na mesma data contamos com a estreia do novo cinema da cidade, o novo Cine XV, agora com quatro novas salas que ficam no shopping. As telonas nesta grande festa de inauguração têm como lançamento o filme Os Vingadores – Guerra Infinita, filme muito esperado pelo público. Um filme cheio de aventura, suspense e ação é o que podemos esperar nessa estreia, a cultura dos heróis invadindo Guarapuava. "Uma jornada cinematográfica sem precedentes de dez anos de realização e abrangendo todo o universo cinematográfico da Marvel,‘Vingadores: Guerra Infinita‘ traz para as telonas o confronto final e mais mortal de todos os tempos. Os Vingadores e seus super-heróis aliados devem estar dispostos a sacrificar tudo em uma tentativa de derrotar o poderoso Thanos antes de sua explosiva devastação e a ruína que põe fim ao univer…
O Amor é fogo que arde sem se ver; é um soneto de Camões, grande escritor
português autor de Os Lusíadas.

Amor é fogo que arde sem se ver
Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.
É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar-se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.
É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.
Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor

Para que possamos analisar o poema de Camões, é necessário ter noção do
que é um poema lírico... O que seria um poema lírico?
O poema lírico surgiu na Grécia Antiga e era declamado em forma de canto,
acompanhado com instrumentos musicais que proporcionavam o ritmo e a melodia.
Um exemplo de instrumento era a lira, que era semelhante a uma arpa .Alias, o
"lírico" é der…