30.3.12

Gaúchos de Guarapuava



http://otrolldoiguassu.blogspot.com.br
Imagem: http://otrolldoiguassu.blogspot.com.br   
A presença da cultura riograndense em nossa cidade.

Algum tempo atrás perguntei-me sobre a causa do guarapuavano ter hábitos tão gauchescos. Eles estão presentes no dia-a-dia da grande maioria dos moradores da cidade. Quanto mais interior, mais perto do Rio Grande do Sul nos sentimos. Exemplos não faltam, o chimarrão, o churrasco, as músicas, as danças, as roupas e, até mesmo, o jeito de falar, tudo tão característico, que chega a parecer que um gene "riograndense" já foi incorporado ao DNA do guarapuavano.
Uma cena típica de ser acompanhada em nossa cidade, de início, ou fim, do dia, tem suas raízes nos pampas: Famílias reunidas em uma boa roda de chimarrão, colocando a "prosa" em dia, e contando causos antigos. Além disso, quem nunca encontrou, em pleno centro da cidade, homens com suas botas, bombachas e lenços no pescoço?  Ou mesmo ligou o rádio pela manhã, ou cair da tarde, e se deparou com uma programação exclusivamente gaúcha? Diante de tantas evidências, não há como negar aquilo que já é verdade incontestável em nosso estado: Somos gaúchos de Guarapuava.
Se olharmos para a história, tentando encontrar o "elo" que nos liga ao Rio Grande do Sul, veremos que no início do século passado muitas famílias deixaram seu estado de origem e migraram, buscando melhores condições de vida, e, ao longo deste trajeto, foram disseminando sua cultura, que foi absorvida e incorporada pelos moradores de nossa cidade. Desde então, a cultura dos pampas se faz presente em meio a nossa e, apesar de ter adquirido características próprias, mantém- se fiel em vários aspectos.
Seja com características próprias, ou adaptado à nossa realidade, não há como negar que a influência gaúcha teve papel importante na formação da identidade cultural do guarapuavano. Deixou marcas na culinária, nas vestimentas, no jeito de ser e de se manifestar, fez de Guarapuava uma cidade única, mesmo com o jeito tipicamente gaúcho.


Jasmine Horst

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |