22.4.12

Mulher, sinônimo de empreendedorismo e criatividade

Karoline Fogaça



Adriane Horst
Mães, esposas, donas de casa, profissionais, terapeutas, amigas e várias outras coisas, as mulheres conseguem ser mil em uma só. Cuidar dos filhos, do marido, da casa e ainda trabalhar, conseguem fazer várias coisas ao mesmo tempo. Dentre todas essas facetas, as mulheres têm defeitos e muitas qualidades, e quando procuramos, encontramos algumas com ideias fantásticas e inovadoras vindas das mulheres, é o caso da Adriane Schneider Cordeiro Horst.    
    Andando pelas ruas de Guarapuava me deparo com um carro diferente escrito “Boutique de Rua”, não tem como isso não chamar a atenção por onde passa. Conversando com Adriane, ele me contou um pouco sobre sua vida e sobre esse seu novo trabalho.
   Ela é professora e começou a vender roupa como sacoleira, no início de 2011, por influência das amigas. Como não consegue ficar parada em um ambiente só, se deu bem com esse novo trabalho, mas em todo lugar que ela levava suas roupas encontrava algo empecilho, pois para provar as peças suas clientes precisam de um local apropriado, um provador, um espelho. Quando ia à casa das suas clientes, às vezes, atrapalhava os maridos ou as crianças, além de que na escola onde trabalhava também não era o melhor lugar para experimentar roupas.
   A partir disso, o que Adriane queria era inovar, então, procurando pela internet, ela descobriu a Boutique de Rua. Essa é uma franquia de Curitiba e ela foi atrás dos idealizadores para ver como funcionava, “quando conheci a Boutique de Rua vi que era bem aquilo que estava procurando, pois era algo prático, a loja vai montadinha para o cliente ver”.          
     Adriane adquiriu um carro, enviou para os donos da franquia e eles fizeram as adaptações necessárias para deixar o interior e o exterior padronizado com a marca. Em outubro de 2011, a Boutique de Rua já estava rodando pelas ruas de Guarapuava e da região.       
     Roupa é algo a grande maioria das mulheres gosta e pensando nisso, a Boutique trabalha com tamanhos do número 34 ao 52, peças exclusivas e de boa qualidade. Além de ser uma loja que vai até a casa ou o trabalho do cliente, onde quem entra encontram comodidade, ambiente climatizado, boa iluminação, com provador, espelho e araras organizadas para melhor visualização das peças.        
    Abrir uma loja fixa não está nos planos de Adriane, mas talvez no futuro possamos ver mais carros da frota Boutique de Rua, pois ela tem a intenção de trazer para cá a Boutique de Rua Kids. 
Interior da loja

Adriane dirigindo a Boutique

Um comentário:

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |