31.5.12

O passado ao nosso alcance



Museu Visconde de Guarapuava guarda relíquias que traduzem a história da cidade.

Jasmine Horst

Uma aula de história de maneira prática e descontraída. Assim, pode-se definir as visitas ao Museu Visconde de Guarapuava, que abriga um vasto conteúdo histórico. Localizado no centro da cidade, o local é pouco visitado, em sua maioria, as visitas são de grupos escolares.
Foto: Marcos Guerra
A casa, que foi construída em meados do século XIX, pertencia ao Visconde Antonio de  Sá Camargo, o Visconde de Guarapuava, e foi  tombada como patrimônio cultural histórico, pois possui um imenso valor para a arquitetura histórica da cidade, sem falar em seu grande acervo composto por medalhas, armas, utensílios domésticos, telas com pinturas de artistas locais, fotografias, revistas, jornais e peças indígenas.
O ambiente é tão fascinante que provoca um sentimento de volta ao passado. Algo silencioso, silêncio apenas rompido pelo barulho característico produzido pelo caminhar em assoalho de madeira. Ao olhar as fotos, vemos a Guarapuava antiga sob o aspecto de muitos fotográfos anônimos. De certa maneira, conseguimos imaginar todo o contexto que envolvia aquele momento eternizado através da fotografia.
Aos fundos da casa, encontramos resquícios do que afirmam ter sido uma senzala, paredes de pedra, correntes pesadas, fazem a imaginação viajar, tentando descobrir as situações que se passaram ali a tantos anos atrás.
Ao sair daquele lugar encantador, temos um choque com a atualidade, voltamos para o século XXI, percebemos que ali, em pleno centro de Guarapuava, é possível fugir da realidade, ter um encontro com o passado de maneira simples e impressionante ao mesmo tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |