13.11.12


Colecionar: Uma relação de respeito com o ídolo
 Kamila Dussanoski

     Nunca se sabe até quando uma coleção pode durar ou que quantidade alcançará, pode ser um fetiche, mania, uma obsessão, um hobby, distração ou simples lembrança da infância. O fato é que muitas pessoas ainda  tem o hábito de colecionar.    
      Maximiliano Zacaluski da Silva, 33 anos, morador de Guarapuava, motivado pela paixão por música, tornou-se um colecionador de CD’S e também de DVD’S. Determinado e focado em um estilo musical, é dono de uma bela coleção.
 


     Começou a colecionar há dezenove anos e no seu acervo não poderiam faltar álbuns de seus artistas favoritos como: Iron Maiden, AC/DC, Metallica e um vasto repertório de Rock. Max contou, que, motivado pela gestação de seu filho Gustavo, que hoje tem dois anos, começou a ouvir músicas clássicas.                   Ele, que também é estudante de Psicologia, atribui grande importância à música no desenvolvimento da criança, e foi assim que começou a colecionar CD’S de músicas clássicas, como de Vivaldi, Johann Sebastian Bach, entre outros. 


   
 Para Max colecionar é um valor sentimental, uma relação de respeito com os seus ídolos, que vai além de ir a shows, criar fã clubes ou apenas se dizer fã, o fato de comprar CD’S originais é a única forma de demostrar ao artista que gosta e respeita o seu trabalho, já que assim está ajudando o mesmo. Com esse pensamento e, principalmente, por ser apaixonado por música, foi adquirindo os novecentos CD’S que possui hoje, todos escolhidos “a dedo” para satisfazer seu gosto e aumentar cada vez mais sua coleção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |