26.6.13

Ode para Vinicius

No dia 20 de junho, no Auditório Francisco Contini, ocorreu a apresentação da Escola Rômani, o tema das apresentações foi em homenagem ao centenário do poeta Vinicius de Moraes. Várias faixas etárias homenagearam com sua dança o poeta Vinicius de Moraes, lembrando o seu centenário.
Dezesseis apresentações compuseram o festival, fazendo parte delas, trilhas do autor e poemas baseados em músicas de sua autoria. O cenário e o figurino remeteram ao universo do artista, lembrando o Rio de Janeiro, cidade em que viveu foi inspiração para sua obra. Vinicius de Moraes foi compositor, poeta, diplomata e apaixonado pelas mulheres. Autor de uma das músicas mais tocadas do mundo, “Garota de Ipanema”, Vinicius nasceu em 1913 e fez parte da criação da Bossa Nova; esse gênero musical foi criado no fim dos anos 50, no Rio de Janeiro e misturava o Samba com o Jazz.
O artista representa o Brasil política e culturalmente de uma maneira muito profunda, e faz com que o País se enaltecesse com suas belas paisagens. Fez muitas amizades na política, na literatura, no jornalismo e na música. O poeta ficou conhecido pela sua vida de boêmia, segundo Drummond “Foi o único de nós que teve vida de poeta”.

As apresentações homenagearam o artista e contribuíram para a manutenção da cultura da Música Popular Brasileira, mostrando que muitas manifestações artísticas de hoje ainda tomam como base as músicas de artistas do passado.

Texto e foto: Camila Germano Barp.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |