27.12.13

Ano Novo, Tradições Antigas

Entra e sai ano, e lá estão elas, as tradições de fim de ano que nunca saem de moda, a roupa branca, a romã, a lentilha, estão quase sempre presentes. Mas muitas vezes fazemos esses e outros rituais sem termos nem ideia do que eles significam para nossas vidas. Por isso agora, vamos ver algumas dessas simbologias e significados:

Romã: coma sete sementes de romã e guarde-as com você na carteira até o próximo Réveillon se seu objetivo for dinheiro. O número sete é muito importante quando você faz simpatias, pois além dos sete chacras, ainda tem sete dias da semana.

Lentilha: Se você visa ter um ano farto e com muita comida, uma colher de lentilha na ceia de Ano Novo promete ser tiro e queda – uvas e avelãs também são consumidas para pedir fartura.

Pular sete ondas: Segundo os gregos, o mar tem um poder espiritual e pode renovar nossas energias, mas foram os africanos que trouxeram a tradição de pular as ondas. E por que sete? É um número espiritual e, ao pular as ondas, você invoca iemanjá, que dá forças para passar por cima das dificuldades do ano que está por vir.

Roupa branca: a tradição de usar roupa branca no Réveillon veio das tribos africanas, que usavam trajes brancos, que significa paz e purificação espiritual.

Vinho ou Espumante: nas religiões cristãs, o vinho é considerado sabedoria e vida. E por serem feitos com uvas, acredita-se que traz sorte e prosperidade para o novo ano.

Frutas secas ou cristalizadas: figo, pêssego, ameixa, damasco e maça, por exemplo, significam sorte e fartura para o próximo ano.

Evitar consumo de aves: os supersticiosos acreditam que na noite do Ano Novo não se deve consumir galinhas ou frangos, por exemplo, pois elas ciscam para trás e isso significa atraso na vida. Aposte em carne de porco ou peixes que se movimentam sempre para frente.


Por Diana Pretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |