17.8.15

Por falta de incentivo, time de Rugby feminino de Guarapuava é desativado


Uso de recursos próprios, falta de estrutura e pouco incentivo foram alguns dos fatores para o Lobas Rugby Feminino perder forças


Há dois anos Guarapuava teve seu primeiro time de Rugby feminino. Algo inovador estava na cidade e a dedicação das meninas fez com que, em apenas um ano e meio de treinos, subissem ao pódio para receber a premiação de terceiro lugar no campeonato paranaense, algo considerado inédito.

Mas o bom resultado dentro de campo e a força de vontade não foram o suficiente para o grupo continuar. Uma das fundadoras do time, Tauana Oliveira, diz que as meninas começaram a desanimar e o time perdeu integrantes. “O grupo foi desativado há pouco tempo. Uma pena, pois o rugby é apaixonante, mas sem apoio, sem incentivo, aguentando machismos, críticas, falta de verba, sem um grupo maior, sem um trabalho de iniciação esportiva, nenhum esporte segue em frente. Como uma equipe amadora precisamos de estrutura, no mínimo”, relata.

Conseguir atletas também é uma dificuldade que o time encontra, muitas meninas ainda não veem o esporte como algo sério. “O Rugby é um esporte coletivo, então precisamos de atletas que estejam dispostas a participar de um grupo, pois na hora da competição o time funciona como um todo e duas ou três meninas não fazem com que o esporte aconteça”, ressalta a atleta, Maria Luiza.


Ainda há esperanças de que o time volte, mas para isso é preciso mais holofotes virados ao esporte guarapuavano e patrocinadores dispostos a colaborarem com o time. 


Texto: Amanda Bastos Maciel
Foto: Alberto Dybas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |