5.6.16

Os serviços de streaming X locadoras de filmes e a saúde

A internet, palavra que para muitos assusta, para outros é sinônimo de praticidade e comodidade. Depois que ela surgiu muita coisa mudou, a maneira de produzir o conteúdo jornalístico, a forma como conversamos, a forma como compramos e também como ouvimos músicas e assistimos filmes. Como será que a internet influenciou e está presente na vida de quase todos? Vamos focar em ouvir música e assistir filmes.
Fitas, CD’s, DVD’S, discos de vinil, mp3, essas eram as formas mais comuns de se consumir músicas e filmes até alguns anos. Cabe agora outras duas palavras: NETFLIX E SPOTIFY, na primeira você pode pagar para assistir filmes em casa, já a segunda pode ser paga ou gratuita, mas trabalha apenas com música. Essas duas palavras tratam de diferentes formas de entretenimento, porém têm algo em comum:  a comodidade de não precisar sair de casa.
Mas espera aí, se eu não preciso sair de casa para alugar um filme na locadora e nem para comprar uma cd, isso de alguma forma vai influenciar vários fatores, como por exemplo na saúde de cada um e também no comércio.
Se tratando de saúde, temos o sedentarismo versus a tecnologia. O sedentarismo é gastar poucas calorias seja com atividades físicas ou com atividades diárias. Aqui, está a tecnologia influenciando mais uma vez o nosso modo de vida. Ela tende a nos deixar quase o dia todo parados, estáticos no mesmo lugar, ou seja, fazendo com que a nossa quantidade de movimento diminua.
Com a internet também nasce toda uma geração (claro que não são todas as pessoas) que se acostumou com o comodismo. Por que eu vou sair da minha casa para comprar um CD de uma banda famosa se eu posso ter ele aqui na palma da minha mão? O que para muitos era ritual até o final dos anos 2000 [alugar fitas ] hoje quase ninguém lembra que existe.
Já por outro lado é muito triste para alguém que aluga filmes em uma loja física ver que seus concorrentes como Netflix e Popcorn Time estão fazendo com que muitas locadoras fechem as portas, sem contar que temos também os piratas. Os números comprovam isso, o preço é barato (o pacote mais simples custa 19,90 já o mais caro custa 29,90) e já são mais de trinta e sete milhões de assinantes espalhados por quarenta países.
Mas será que locadoras e lojas de disco estão com os dias contados? Não. Muitas pessoas ainda hoje gostam e preferem ter discos e DVD’s em forma física para guardar ou porque gostam de colecionar. Quem escreve este texto por exemplo, tem menos de 20 anos, ele ainda pegou o tempo das fitas cassete, mas também já passou pelo cd, pelo dvd e pelo mp3, e agora está como muitos da mesma idade, fazendo maratonas de séries e montando playlists para determinados momentos.
No final é possível perceber que se por um lado a internet e suas comodidades ajudaram em muito a todos nós, por outro ela prejudicou. As locadoras de filmes e lojas de discos já estão fazendo estratégias diferentes para manter seus clientes e da mesma forma cada um deve cuidar da sua saúde.
Texto por Gustavo Dusi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |