14.11.16

Foi só uma brincadeirinha

Está circulando um vídeo nas redes sociais em que o pai e suas duas filhas resolvem fazer uma brincadeira com a mãe: contar para ela que uma das suas filhas gosta de mulheres. Só que o resultado não foi o esperado, a mãe ficou louca e começou a falar palavrões além de ameaçar não só verbal, mas também fisicamente as filhas, chegando ao ponto de pegar uma faca para ataca-las.
Você pode estar se perguntando o motivo pelo qual eu estou falando disso ou caso tenha assistido o vídeo pode ter achado engraçado (o que não é). Bem vamos aos fatos...
Se você pesquisar você vai encontrar vários vídeos como este, porém com a diferença de que os fatos são reais e as reações são: ameaças físicas, ser expulso de casa e até uma coisa ridícula que algumas pessoas dizem: que gostar de pessoas do mesmo sexo é uma doença (what?????).
Será que esse pai e as filhas não pararam para pensar que eles estavam fazendo piada, estavam brincando com a realidade de muitos ainda? Talvez alguém que esteja passando pela situação de contar para os pais, ainda terá coragem de contar depois de ver esse vídeo e ter medo das possíveis reações?
É preciso deixar bem claro que o vídeo não é nenhum pouco engraçado, talvez você que está lendo esse texto nunca passou ou nem vai passar por essa situação, mas também é preciso deixar claro que pessoas morrem, pessoas são expulsas de casa, etc por gostarem de pessoas do mesmo sexo.
“Isso já passa, eu preferia que você fosse hetero, você não foi criado pra isso, a gente vai procurar um médico, onde foi que eu errei? O que eu fiz pra isso acontecer? ”, é esse tipo de frase que pessoas LGBT escutam todos os dias não só fora mas também dentro de casa, e ainda tem gente que não percebe que está sendo ridículo fazendo certos vídeos por ai.
Claro que eu não fui o único que tive essa reação, o link do vídeo está disponível aqui, então é só você entrar e ver os comentários lá, só quem vive isso todos os dias sabe como é difícil viver assim, entenda por “assim”, viver fingindo ser uma coisa que não é, viver com medo de contar a verdade.
Os pensamentos que eu já citei aqui no texto precisam ser mudados, não é bonito dizer que “ah, isso é coisa de gay ou você só não gosta de homem ou de mulher porque nunca beijos uma/uma”, isso é ridículo, isso precisa ser mudado e não é com vídeos como esse que que os pensamentos vão mudar. Muito pelo contrário, assim o ego daquelas pessoas conservadoras só vai aumentar e elas vão continuar achando que são donas da verdade e que estão sempre certas.
Enfim, vamos pesquisar, vamos ler sobre determinado assunto, vamos ler notícias antes de fazer vídeos ou quaisquer outras publicações na internet, vamos abrir a mente.
Texto - Gustavo Dusi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |