26.5.18

O uso dos porquês

 O emprego dos porquês é algo que gera muitas dúvidas entre os falantes, por isso é importante ressaltar o modo como usa-los.

Quando usar "por que"?

 Existem dois casos de uso, o primeiro caso com sentido interrogativo, sendo usado para fazer uma pergunta direta ou indireta.

  • Por que devo estudar?
  • Por que ela não veio?
 Pode ser substituído por "por qual razão" ou "por qual motivo".
  • Por qual motivo devo estudar?
  • Por qual razão ela não veio?

No segundo caso é usado como elo de ligação entre duas oração.

  • Não encontrei o caminho por que passei.
  • Este é um dos motivos por que sou como sou.
 Pode ser substituído por "pelo qual", "pela qual", "pelas quais", "pelos quais", "por qual" ou "por quais".
  • Não encontrei o caminho pelo qual passei.
  • Este é um dos motivos pelo qual sou como sou.

Quando usar "por quê"?

 É usado com sentido de interrogação, aparece sempre em finais de frase junto com um sinal de pontuação.
  • Você não vai? Por quê
  • Ela parou de falar comigo e nem sei por quê.
Pode ser substituído por "por qual razão" ou "por qual motivo".
  • Você não vai? Por qual razão
  • Ela parou de falar comigo e nem sei por qual motivo.

Quando usar "porque"?

 É usado em respostas e explicações, porque é uma conjunção subordinativa causal ou explicativa.
  • Não fui a universidade porque as aulas foram suspensas.
  • Ela estava muito triste porque não conseguiu passar no vestibular.
 Pode ser substituído pelas conjunções "pois", "visto que", "uma vez que", "dado que", etc.
  • Não fui a universidade pois as aulas foram suspensas.
  • Ela estava muito triste uma vez que não conseguiu passar no vestibular.

Quando usar "porquê"?

 É usado para indicar o motivo ou a razão de algo, geralmente aparece após um artigo definido ou indefinido, também pode aparecer depois de um numeral ou pronome. Porquê é um substantivo portanto pode sofrer flexão.
  • Não sabia o porquê de não conseguir um emprego.
  • O carro parou de funcionar e ninguém sabia o porquê.
Pode ser substituído por "razão" ou "motivo".
  • Não sabia o motivo de não conseguir um emprego.
  • O carro parou de funcionar e ninguém sabia o motivo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |