4.5.11

Não Me Abandone Jamais


Melancólico, intrigante, abrangente...Emocionante.

Não Me Abandone Jamais é um filme que nos faz pensar a vida, sobre escolhas e, porque não dizer, sobre o destino de uma maneira diferente.

Como você se sentiria se soubesse que viveria não mais que trinta anos?

Baseado no romance de mesmo título do escritor Ishiguro e dirigido por Mark Romanek, a produção traz à tona dilemas existenciais e representações metafóricas de uma vida limitada devido a impredimentos socias, religiosos, políticos e até mesmo culturais.

Como pouco se tem feito nos últimos anos, a obra é uma mistura de drama e ficção científica. E sua história é, de fato, envolvente.

Narrada por Khaty (Carey Mulligan), conta-se a trajetória de três amigos: Khaty, Tommy (Andrew Garfield) e Ruth (Keira Knightley), que se conheceram em uma escola onde os alunos são ensinados e criados exclusivamente para doar seus órgãos para o restante da humanidade.

A história é contada a partir do momento em que a personagem percebe, que em poucotempo, sua vida tomará um rumo diferente, e ela não pode fazer nada para evitar, mudar ou simplesmente questionar sobre seu destino.

Apesar de o título nos sugerir uma bela história de amor, com o desenrolar do filme percebemos que a abordagem é bem mais complexa.

A pitada de romance se concentra na relação quase que platônica de Khaty e Tommy. depois de algum tempo separados e depois de Tommy ter um caso com Ruth que era a melhor amiga dos dois, eles se reecontram e decidem lutar para que o amor que um sente pelo outro os salve do trágico destino que os aguarda.

A luta dos dois e a maneira como o filme traz suas explicações é realmente envolvente.

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |