24.9.12

Fazendo da arte uma fonte de renda


Karoline  Fogaça 

Hoje no Brasil, o salário mínimo é R$ 622 e só esse valor não basta para que o brasileiro consiga pagar todas as suas contas básicas e ainda tenha uma vida confortável. Por isso, muitas pessoas estão procurando fontes alternativas de ganhar dinheiro para aumentar a sua renda mensal. Pensando nisso, muitos procuram cursos de artesanato para conseguir esse aumento.

Silvana fazendo caixas de mdf
Silvana Virmond é uma empresária do ramo de artesanato em Guarapuava, tem há 6 anos uma loja, na qual oferece cursos sobre isso. Ela conta que começou a trabalhar desde cedo e teve uma empresa em outro ramo que teve que fechar: “Eu senti a necessidade de extravasar, de fazer algo diferente. Sempre procuramos algo que nos satisfaça e na realidade comecei com pintura em tela aí acabei entrando no mundo do artesanato, conhecendo outras técnicas e outros tipos de trabalho para fazer”.

Em sua loja, Silvana oferece cursos principalmente de decoupagem, que é uma técnica de colagem em madeira, tanto de papéis quanto de tecidos, oferece também cursos de arte francesa, que é uma técnica que utiliza recortes para montar uma figura com terceiras dimensões.

Pensando nessas fontes de renda alternativa, ela conta que algumas pessoas procuram os cursos para realmente vender as peças que produzem, mas também para outras finalidades: “Tem aqueles que procuram as técnicas e os materiais para utilizar em outras áreas. Temos uma procura grande homens que compram o verniz vitral, que é um verniz especial para acabamento no artesanato, para usar em recuperação de capacetes”. Hoje, o artesanato consegue abranger, pela sua variedade de materiais e aplicações existentes, muitas pessoas.

Além da restauração, o artesanato serve também para outras atividades, Silvana fala que muitas professoras procuram os cursos em época de férias para inovar em sala de aula, pois, hoje em dia, se usa muito artesanato nas escolas, e ainda quem trabalha com festas infantis, quem procura lembranças de aniversário, casamento e peças de decoração. Essa é uma arte que acompanha o vai e vem da moda, que gera renda, traz ocupação e ainda pode servir de terapia para algumas pessoas.

O artesanato é recomendado para qualquer pessoa, desde a criança que está na educação infantil, para desenvolver coordenação e a paciência, até pessoas mais de idade, que querem ter uma atividade para se ocupar. Silvana fala que tem clientes jovens e clientes mais velhas que estavam acostumadas a trabalhar, mas, depois que se aposentam, sentem necessidade de ter uma atividade, então qualquer pessoa que gosta de trabalhar com as mãos e quer aprender algo novo pode fazer.


Um comentário:

  1. Será que tem como vocês colocar o endereço ou telefone desta loja q dá cursos?

    Obrigada!

    ResponderExcluir

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |