9.10.12

O poder da Educação


    Não é de hoje que se ouve que a educação é o meio mais eficiente para o desenvolvimento de uma nação. Somente por meio do estudo, é que o filho de um humilde catador de papéis, por exemplo, poderá vir a ser médico, advogado, engenheiro, ou qualquer outra das profissões afamadas. O fato é que, para Guarapuava e região, ter acesso à educação possibilita duplo desenvolvimento, pois, além de proporcionar melhor formação para seus habitantes, também, por meio dela, desenvolve-se a economia local.

    Atualmente, Guarapuava conta com cinco grandes instituições de ensino superior, sendo duas públicas (Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná – Unicentro/ Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR) e três particulares (Campo Real, Guairacá e Guarapuava), sem contar outras de pequeno porte, que ofertam cursos a distância. Além dos estudantes, outros profissionais, entre administrativo e professores, migram para Guarapuava. Só para ter uma ideia, conforme Marizete Cechin, da assessoria de imprensa da UFTPR, dos 26 professores que lá lecionam, 20 vieram de outras cidades ou estados, como Curitiba, Ponta Grossa, São Paulo e Mato Grosso. Além dos alunos que também são oriundos de outras regiões, no Curso de Engenharia Mecânica, 38% são de fora de Guarapuava, e no curso de Tecnologia de Sistemas para Internet, 66% não são da cidade, informou Marizete.

    Ao todo, essas instituições oferecem 77 cursos superiores, que variam entre integral, matutino e noturno. Atualmente, são mais de mil estudantes universitários na cidade, e muitos deles vem de outras cidades, necessitados de moradia, alimentação e transporte fazendo com que o comércio local se aqueça.

    Para o futuro, as perspectivas são boas, a sede da UFTPR ainda está sendo construída próximo a PR 466, saída para Pitanga, o número de cursos ofertados será ainda maior, a assessoria informou que depende da necessidade de cada região, para 2013, já está previsto o Curso de Engenharia Civil. Soma-se a isso, a possibilidade da criação do curso de Medicina para a Unicentro, uma necessidade para a região e um sonho para os moradores. Dessa forma, cabe aos guarapuavanos aproveitarem o momento, acolherem bem seus novos moradores e criarem oportunidades para o desenvolvimento da região.


Jean Patrik Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |