25.8.13

Sonora Brasil


      O Sonora Brasil é um projeto musical que já acontece há 16 anos em várias regiões do país, e agora veio para Guarapuava, por meio do SESC. Com entrada franca, o projeto tem como objetivo o desenvolvimento histórico da música no Brasil, incentivando novas práticas e novos hábitos de apreciação musical e a valorização da pureza do som e a qualidade das obras.
      A edição dessa vez conta com dois temas, que são Tambores e Batuques, e Edino Krieger. Nesse ano serão realizadas quatro etapas, a primeira que teve a participação do Quarteto Belmonte, do Rio de Janeiro. A segunda realizada com o Octeto Polyphonia Khoros de Santa Catarina, e na última terça-feira, 20, a terceira etapa do Sonora, que contou com a participação do Quinteto Brasília.
      Criado em 2000, o Brasília é considerado como um dos principais grupos de câmara da região Centro-Oeste e um dos poucos quintetos clássicos de sopros em atividade no país. O Quinteto composto por Sérgio Barrenechea, flauta, José Medeiros, oboé, Felix Alonso, clarineta, Gustavo Koberstein, fagote, Stanislav Schulz, trompa, possui estilo clássico, com abordagens contemporâneas. Com ênfase para o fagote, instrumento pouco conhecido pelo público e com características peculiares.
      A última etapa do Sonora será realizada no dia 22 de outubro às 20h, no auditório do Sesc Guarapuava. Com participação do Duo Cancionâncias, de Mato Grosso Do Sul.

      
Por: Diana Pretto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |