23.9.13

Uma arte exposta nas calçadas de Guarapuava

Brincos artesanais feitos com penas, pedras e fios.

Trabalhos feitos totalmente à mão, com toda a delicadeza e perfeição, chamam a atenção dos que passam pelo centro da cidade.
É possível, todos os dias, deparar-se com inúmeras formas de arte pelas ruas da cidade: são grafites, stencils (uma técnica usada para aplicar um  desenho ou ilustração através da aplicação de tinta, aerossol ou não, através do corte ou perfuração em papel ou acetato), apresentações com o circo, teatro de rua, malabaristas em faróis, músicos de diversos ritmos e artesanatos. 
Muitas vezes, as pessoas desacreditam das experiências que os artistas de rua, como se autodenominam as pessoas que expõe suas artes nas calçadas das cidades, têm a oferecer e deixam passar despercebidas suas artes. Muitos deles já percorreram o Brasil mostrando seus trabalhos, esse é o caso do artista guarapuavano, Djalma Vieira, “Já percorri mais de  12 estados, entre eles Belo horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do sul. Estou nessa vida há quatorze anos”.
Djalma conta que Guarapuava é uma cidade muito acolhedora e que nunca sofreu nenhum tipo de preconceito “Aqui o pessoal gosta muito do meu trabalho, eles sempre param para admirar os meus artesanatos”, Djalma faz brincos de penas, anéis, pulseiras e transformas fios de alumínio em artes extremamente  admiráveis.
A arte está em todos os lugares, desde o momento em que colocamos o pé na rua podemos vê-la, os pequenos detalhes que a envolvem podem se tornar invisíveis se a correria do dia a dia tapar os olhos dos que passam por ela. Tudo pode ser arte, se vista com os bons olhos de um apreciador.



Texto: Amanda Bastos Maciel
Foto: internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |