11.12.13

Breaking Bad e a nova era televisiva

Você já deve ter ouvido falar nesse nome ultimamente, seja numa conversa na faculdade, num post em algum lugar da internet, ou na incessante indicação de um amigo “é a melhor série! Você tem que assistir”. Breaking Bad, a série de TV de maior repercussão dos últimos tempos,  chegou ao fim, mas deixou como herança uma legião de fãs e a certeza de que agora, as séries de TV são vistas também como forma de arte, condição antes atingida apenas pelo cinema.
Breaking Bad não foi o único responsável pela inversão midiática que está ocorrendo: onde a televisão está investindo em programas originais e de qualidade quase hollywoodiana, e na migração dos atores de cinema para a TV e da TV para o cinema. Tudo isso começou em 1999,  com a série original da HBO recordista de público da TV paga até hoje, The Sopranos. A premiada série que conta a vida de Tony Soprano, um mafioso ítalo-americano de Nova Jérsei, foi quem abriu o caminho e permitiu que outras séries como Dexter, The Walking Dead e Breaking Bad, fossem criadas.
Breaking Bad é o ícone da mudança das grandes produtoras de TV em tentar prender e criar um vínculo com o telespectador exibindo conteúdo de alta qualidade ao invés de programas vulgares e fúteis.
Essa atitude parece estar funcionando e os canais estão conseguindo criar relações de fidelidade com os telespectadores, ao contrário das produtoras de filmes que não conseguem criar um laço com o público (exceção à Disney). As pessoas esperam pela nova série da AMC ou HBO, mas ninguém fica ansioso pelo novo filme da Paramount.
A série criada por Vince Gilligan conta a história de Walter White (Bryan Cranston), um brilhante químico que por arte do destino acabou virando um humilde professor em uma escola de ensino médio. Ele vê sua vida mudar ao descobrir ser portador de um câncer de pulmão terminal. Desesperado ao perceber que sua família passará por dificuldades financeiras após sua morte, Walter decide fazer o que for necessário para que isso não aconteça, e começa a usar suas habilidades de químico a favor do crime, montando um laboratório de drogas para ganhar dinheiro. Episódio após episódio a trama fica cada vez mais emocionante e emblemática. Breaking Bad teve cinco temporadas com episódios de 50 minutos em média e foi sucesso absoluto ao redor do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |