21.11.16

Quantas vidas cabem em uma só

                            Vou fazer direito. Talvez com engenharia eu ganhe mais. Mas eu gosto mesmo é de história. Por fim passar os dias escrevendo é mais gratificante. Entrei. Faculdade. Quando me formar quero levar esses amigos comigo. Melhor pessoa da faculdade. Eu a odeio. Nunca mais quero vê-la. Meus amigos agora sei quem são. Não tem um aqui agora. Eu nem gosto de jornalismo. Talvez história seja uma boa. Serei professora. Terei uma casa grande. Com piscina. Não. Um apartamento. Serei minha companhia. Ele é tão lindo. Quero viver com ele. Seremos só nos dois no nosso apartamento. Quero uma moto. Não. Carro. Qualquer carro. Filhos. Filhos dão muito trabalho. Cachorros. Quero uma empregada. Não, nos se ajudaremos. Precisamos nos formar. Precisamos ganhar bastante para ter uma vida confortável. Talvez dinheiro não seja tudo. Gostamos de conforto.  Na verdade ainda prefiro minha própria companhia. Quero aproveitar o agora. Quero festas assim todo fim de semana, para sempre. Serei só eu e festas. Quero uma casa, apartamento não dá pra fazer festas. Cansei. Preciso ganhar mais. Quero mais tempo em casa. Quem precisa de festas quando se tem Netflix em um fim de semana?. Me formarei ano que vem. Não quero trabalhar nisso. Mas eu gosto. Ganha pouco. Vou fazer um concurso. Quero ser professora. Professores também não ganham tanto. Vou fazer o que eu gosto! Me formei. Preciso trabalhar. Filhos? Marido? Não quero. Sou nova. Estou ficando velha. Preciso formar uma família. Eu posso ser minha família. Eu tenho um cachorro. Nossa. Quantas vidas cabem em uma só né?


Texto: Daiane Cristina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
| Design by Free WordPress Themes and Kurpias| Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes and Kurpias |